top of page

Problemas na calibragem das balanças geram desperdício financeiro, diz especialista

Atualizado: 16 de mai. de 2023

No Brasil, a calibração de balanças é regulamentada pelo Inmetro; segundo executivo da Pitney Bowes, é fundamental contar com balanças calibradas, especialmente aquelas usadas em transações comerciais



Desperdício de recursos financeiros, de materiais e de mão de obra, geração de custos desnecessários e retrabalho. Esses são alguns prejuízos amargados pelas empresas de entrega, segundo Fábio Lourenço, head de Serviços Brasil da Pitney Bowes. De acordo com o executivo, as perdas podem ocorrer por muitos motivos, entre eles, a problemas na calibragem das balanças.


“A calibração das balanças é um processo crítico para garantir a precisão e a consistência das medições de peso. No Brasil, é fundamental contar com balanças calibradas, especialmente aquelas usadas em transações comerciais. Afinal, são elas que garantem que os pesos medidos sejam precisos e confiáveis”, afirmou o especialista.

Segundo Lourenço, o processo de calibração normalmente envolve a comparação da medição da balança com um padrão de referência conhecido e rastreável. O padrão de referência pode ser uma balança de laboratório altamente precisa, ou pesos calibrados conforme as normas internacionais de metrologia


O executivo esclarece que há muitas razões para posicionar o processo de calibração como prioridade no processo de entregas. A primeira delas é o atendimento às normas e regulamentos, já que no Brasil, a calibração de balanças é regulamentada pelo Inmetro (Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia). “O órgão exige que as balanças sejam calibradas periodicamente conforme as normas estabelecidas e o uso de balanças não calibradas pode resultar em multas e sanções”, ressaltou.


A segunda é a garantia da qualidade dos produtos. Lourenço explica que as balanças são frequentemente usadas em processos de produção e embalagem, nos quais os produtos devem ter o peso exato especificado. A calibração regular de balanças ajuda a garantir que os produtos pesados ou contados estejam dentro das especificações de qualidade e segurança.


Outra vertente levantada por Fábio é sobre a prevenção de perdas financeiras, um fator importante para ser analisado. “Se uma balança não estiver calibrada corretamente, pode resultar em perdas financeiras para a empresa, como a venda de produtos com peso incorreto, ou até mesmo a rejeição de produtos que não atendam aos padrões de peso.”

O processo de calibração normalmente envolve a comparação da medição da balança com um padrão de referência conhecido e rastreável. Esse padrão pode ser uma balança de laboratório altamente precisa, ou pesos calibrados segundo as normas internacionais de metrologia.


“Dependendo do tipo de balança e da aplicação, a Pitney Bowes pode realizar a calibração no local do cliente ou em uma de suas instalações de serviço. Vale mencionar que a frequência da calibração varia conforme a legislação local, as exigências do cliente e o tipo de balança. Mas, em geral, é recomendado que as balanças sejam calibradas pelo menos uma vez por ano”, ressaltou Lourenço.


Commentaires


bottom of page