top of page

Especialista da Pitney Bowes explica o que é automação intralogística e seus benefícios

Tecnologia traz vantagens competitivas significativas, como maior capacidade produtiva, resultados mais eficientes e mais confiança e satisfação dos clientes em relação à qualidade dos serviços


A automação intralogística tem se mostrado cada vez mais necessária para empresas que buscam aprimorar a gestão de suas operações – sejam elas pequenas, médias ou de grande porte. Trata-se de uma tecnologia que engloba diversos processos relacionados à movimentação de volumes e pedidos.


Segundo Rafael Salim, Regional Sales Manager da Pitney Bowes, multinacional especializada em soluções de logística, envio de documentos, encomendas e pacotes, a automação intralogística faz parte de uma nova realidade corporativa. “Ela proporciona vantagens competitivas significativas, como maior capacidade produtiva, resultados mais eficientes e sustentáveis e mais confiança e satisfação dos clientes em relação à qualidade dos serviços”, avalia ele.


O executivo revela que a automação intralogística reduz a dependência de processos manuais, o que reflete na diminuição de erros na classificação dos pedidos, permitindo uma separação mais rápida, segura e precisa dos volumes.


“Além disso, ela também reduz bastante o tempo de entrega. Esse é um benefício imprescindível tanto para pequenas e médias empresas, que estão buscando maiores volumes e novos clientes, quanto para grandes operações, que operam milhares de volumes/dia e necessitam controlar a sua margem de erro e garantir entregas cada vez mais rápidas”, afirma Salim.

Outra vantagem destacada por ele é a otimização de espaço e redução de custos. Com o crescimento das operações, é possível aumentar o número de movimentações dentro do mesmo espaço com equipamentos compactos, desenvolvidos e configurados para operar em áreas restritas e espaços confinados. Dessa forma, atende-se volumes relevantes de movimentação/hora com processos otimizados e volumes maiores podem ser classificados e distribuídos em pequenos galpões, possibilitando uma estratégia de crescimento com mais fôlego para preparação de espaços maiores no longo prazo.


Rafael ressalta ainda que a otimização de espaço dentro dos veículos também é viável graças à automação intralogística. “Hoje, com as restrições de caminhões de grande porte dentro das cidades, quanto maior a ocupação dos carros, menor o custo de transporte”, explica o porta-voz da Pitney. Por outro lado, de acordo com ele, com uma melhor qualidade no dimensionamento e pesagem, é possível oferecer valores mais reais de frete para o cliente final.


Para finalizar, o especialista afirma que o aumento da produtividade da equipe é um fator relevante para a implementação de tecnologia na intralogística de uma empresa. “Por terem acesso aos processos mais organizados e claros, os colaboradores se sentem motivados a exercer as suas funções adequadamente, bem como a encontrar erros que podem prejudicar a execução de suas tarefas no dia a dia”, finaliza, complementando que as soluções intralogística permitem que os operadores se concentrem em outras atividades mais importantes, trazendo benefícios para toda cadeia operacional.

Comments


bottom of page